Reciclagem de lâmpadas fluorescentes

Reciclagem de lâmpadas fluorescentes

Vivemos tempos de mudança, em que além das preocupações energéticas existe uma cada vez maior preocupação ambiental, a reciclagem de lâmpadas fluorescentes, compostas por mercúrio, um metal pesado e tóxico, é fundamental, tanto na questão ambiental por provocar a contaminação dos solos e dos lençóis de água do subsolo, além dos problemas que pode provocar para a saúde de quem o inala, podendo provocar problemas de audição, fala e visão. Por todos estes motivos é de extrema importância colocar as lâmpadas usadas em recipientes especiais e posteriormente reciclar as lâmpadas fluorescentes.

Mas com materiais tão perigosos porquê continuar a usar lâmpadas fluorescentes?

Do ponto de vista ecológico a poupança energética conseguida com uma redução de energia necessária para gerar luz eléctrica através das lâmpadas fluorescentes ascende aos 70% em comparação ás lâmpadas incandescentes tradicionais. Tendo em conta os processos necessários para a produção de electricidade, como por exemplo a electricidade produzida por centrais a carvão, a poupança obtida pela utilização das lâmpadas fluorescentes em comparação com os perigos da utilização desse tipo de lâmpadas pende claramente a favor da utilização das mesmas.

Os perigos da utilização das lâmpadas fluorescentes podem ser praticamente anulados se todas as precauções forem tomadas quando chegar a hora de trocar uma lâmpada inutilizada. Após a sua remoção a lâmpada fluorescente deve ser colocada dentro de dois sacos de plástico e evitar que a lâmpada de quebre, caso se verifique uma quebra do vidro envolvente abra as janelas e portas para permitir que os vapores tóxicos se possam dispersar para o exterior. Nunca use o aspirador para limpar os detritos nem uma esfregona, irá espalhar o mercúrio. Não deite o mercúrio na sanita pois pode danificar as tubagens nem lave na máquina de lavar a roupa que tenha estado em contacto directo com o mercúrio pois pode danificar a máquina.

Processo de reciclagem das lâmpadas fluorescentes

Colocar as lâmpadas fluorescentes para reciclar garante que todos os seus constituintes sejam reutilizados, tanto os químicos no interior da lâmpada como todos os materiais que compõem o seu revestimento.  No processo de reciclagem as lâmpadas são trituradas em máquinas preparadas para efeito, no início do processo as lâmpadas são partidas em pequenos pedaços, passando depois para a moagem, os compostos resultante do processo te trituração são sujeitos a uma separação de resíduos por via mecânica e electrostática. A separação permite tratar todos os materiais de forma distinta como o pó de fósforo que contêm o mercúrio os materiais ferrosos, os não ferrosos e o vidro.

Os materiais ferrosos como por exemplo o ferro vão para a siderurgia, os materiais não ferrosos como o latão e o alumínio são encaminhados para sucatas. O vidro que é recuperado e após um tratamento para retirar os resíduos de mercúrio segue para a indústria do vidrado e da cerâmica. No caso do pó de fósforo é para ser reutilizado na indústria das tintas para pintar. Por fim o mercúrio após separado serve para ser reutilizado em novas lâmpadas fluorescentes. O único componente no processo de reciclagem das lâmpadas fluorescentes que não é recuperado para posterior reutilização são os isolamentos de baquelite que se encontram nas extremidades das lâmpadas, como vimos todos os outros constituintes são reutilizados em outros fins ou para a produção de novas lâmpadas fluorescentes.

Veja também:

Publicado em Ambiente e Consumo etiquetado com , , , . Guardar como favorito Link Permanente.

2 Responses to Reciclagem de lâmpadas fluorescentes

  1. evandro says:

    boa tarde trabalho em uma escola de Barra Velha\SC, desejo saber se há alguma empresa que passe na cidade e leve as lampadas queimadas, pois ocupam um espaço fisico enorme. um abraço e obrigado

  2. Antonio cordeiro says:

    Gostaria de saber o que e preciso para reciclar lampadas fluorescentes
    E o custo de uma reciclador completa

    Obrigado antonio cordeiro

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>